FAQ'S

De onde vêm as águas minerais naturais e as águas de nascente?

Ambas são sempre de origem subterrânea. Provêm de aquíferos bem protegidos e não necessitam de ser tratadas ou desinfectadas, nem é permitido, por lei, fazê-lo. São águas naturais que podem ser bebidas directamente na origem no seu estado original.

Uma boa parte da água que chega à superfície terrestre em forma de chuva ou de neve movimenta-se em torrente ou nos rios. Parte desta água infiltra-se no solo, outra parte volta à atmosfera por meio de evaporação que se forma por aquecimento da água dos rios e dos lagos ou por transpiração das plantas. A restante, uma pequeníssima parcela do total, penetra no subsolo dando origem às águas subterrâneas. A infiltração da água no subsolo dá início a um processo lento e complexo de filtração natural que trata de eliminar os microorganismos e as substâncias em suspensão. No decorrer deste mesmo processo subterrâneo, a água é naturalmente enriquecida por sais minerais. A sua composição físico-química resulta de uma interacção lenta da água das chuvas infiltrada no subsolo com os minerais que compõem as rochas, em função do tempo de contacto, da temperatura e da profundidade. Ao contrário das demais águas engarrafadas e das águas de abastecimento publico (ou de torneira) que têm origens diferenciadas que incluem as águas superficiais (albufeiras, lagos, rios, etc.) e são tratadas para garantir o abastecimento às populações, as Águas Minerais Naturais e as Águas de Nascente são um alimento que chega ao consumidor no seu estado puro, tal como se encontra na natureza, com a mesma composição mineral e pureza natural e original.

A resposta ajudou?

Caso contrário, por favor contacte-nos

Fale connosco